A aventura está lá fora!!

Peço desculpas a mim mesmo. Acabei deixando de recorrer as palavras. Posso dizer que foi mil coisas. Preguiça, presunção, paciência (falta de), perdão, pessimismo e esses são apenas os P’s. O importante é que isso não importa. Ontem mesmo sentia que esquecia até as letras.

Sempre achei que precisasse de alguma gatilho que me fazia escrever. Não é bem isso. Uns bons tapas na cara resolvem. O mundo já tem eufemismo depois para se achar que palavras doces e gentis abrem os olhos. Ás vezes, o que mais preciso é de alguém para beber minhas lágrimas.

Sinto muito mas hoje não tem palavras bonitas nem frases que arrancam suspiros. O caminho é duro e árduo e exige  mais do que abraços de despedida. Estou indo ali, onde o sol só se põe uma vez e a água não tem algas.

Está tudo escuro e preciso de uma luz. Pra falar a verdade, acho que encontrei uma. Mas preciso segura-la na minha mão. Vagalumes fogem e o lampião é individual.

E dessa vez, não tem despedida nem conclusão. Afinal, a aventura começa agora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s